(Im)Perfeição

Por coincidência ou não, eu tenho visto, nos últimos dias, textos fazendo elogios à imperfeição. De maneira geral, é gente comentando como o que é perfeito é chato, como o que é perfeito não tem graça… Honestamente, eu acho isso tudo muito estranho! Pra mim, é uma ideia que não faz sentido.

Vamos colocar da seguinte forma: eu não vou mentir – eu sempre fui obcecado por fazer tudo direitinho, eu nunca gostei, nunca curti quando as coisas dão errado, quando as coisas não saem como desejado. Com o passar do tempo, fui percebendo que, na verdade, essa coisa da imperfeição realmente atrapalhava. E muito!

Aí, eu penso: a minha experiência de vida, tudo o que aconteceu comigo nesses 42 anos aponta pro uma confirmação quase incontestável de que, para tudo dar certo, tudo tem que ser perfeito! Não é como eu vejo pessoas ultimamente falando, louvando as imperfeições, que as imperfeições abrem espaço para a inovação, e a imperfeição permite descobrir coisas novas, e isso, e aquilo… Olha, isso nunca, nunca, nunca aconteceu comigo!

Aí, então, fico pensando nas experiências de vidas diferentes, ok, mas será mesmo que essas pessoas que tanto louvam a imperfeição realmente nunca tiveram problemas por isso? Será que, no final, realmente tudo certo será pra essas pessoas? Tá tudo bem mesmo? Será que, por causa de imperfeições, elas nunca sofreram prejuízos, danos, perdas de que elas nunca puderam se recuperar?

Eu realmente duvido disso.

O que eu acredito, acredito piamente, é que, no final, tudo tem que se encaixar direitinho, para as coisas darem certo! É como um carro, né? Se tiver alguma peça imperfeita lá dentro, você vai ficar no meio do caminho, você vai virar a esquina da sua casa e vai ter, de repente, o radiador estourado, soltando fumaça pra tudo quanto é lado, e aí você vai chegar atrasado no encontro, não vai conseguir pegar a sua filha na escola, não vai conseguir chegar a tempo pra entrevista de emprego…

Por outro lado, se tudo dá certo, se tudo sai direitinho como planejado, você vai causar uma boa impressão no encontro, vai conseguir chegar a tempo de pegar seu filho na escola, vai conseguir chegar até a entrevista de emprego, e aí vai você ficar tranquilo, tudo vai estar em paz, tudo vai estar sobre controle, tudo vai estar como deveria! Tudo estará perfeito!

Alguém aí, com certeza, já deve estar pensando alguma coisa do tipo “mas nunca se sabe, pode ser uma coisa do destino, o carro quebrou porque não era pra você chegar até lá”… pode ser! Mas, ainda assim, eu tenho pra mim que essas são exceções pra confirmar a regra, porque, no geral quando as coisas saem dos trilhos, a casa cai!

Eu honestamente prefiro que tudo dê certo e honestamente prefiro que meu carro funcione no momento que eu preciso dele, preciso de que o forno funcione para que a minha comida fique pronta na hora certa, preciso ter a ideia certa na hora certa…

Aliás eu vou dar um exemplo: em informática, é bastante raro conseguir usar uma coisa assim de cara! Vai instalar um cabo, um programa, um acessório qualquer, tem sempre aquela luta para fazer tudo ficar como deveria… Já tentaram instalar um headset bluetooth no Windows 8.1? Nossa, é de chorar!

E GPS, então? Às vezes, ele não acha exatamente onde eu estou! Ele acha que eu tô na rua do lado, na outra pista… Quantas vezes já não me perdi por isso, já tive dor de cabeça por causa disso? Demorei mais para chegar, peguei mais trânsito..

Outro exemplo, o computador! Você o liga para ver um filme, por exemplo, e a imagem começa a travar… aí, você vê a luz do HD piscando feito louca – o bonito resolveu baixar e instalar atualizações bem na hora do filme!

Por outro lado, quando abro um programa e ele realmente funciona, eu fico calmo! Eu fico satisfeito e tranquilo! Quando o GPS mostra exatamente onde você que chegar, fica tudo bem! Sabem, quando eu consigo capturar ou captar a palavra certa pra usar numa tradução… Nossa, maravilhoso!

Pra mim, a ideia de felicidade passa pela perfeição! Para que tudo dê certo, para que a gente possa ficar tranquilo, sossegado e, por conseguinte, feliz, enfim, para tudo dar certo, tudo tem que estar na hora certa, no lugar certo, do jeito certo! Felicidade, para mim, é isso!

E, sim, eu sei, não vai ter jeito, não é assim que as coisas são, né? Não é assim que a banda toca, como já disse alguém. Eu sei que a vida é imperfeita, é defeito pra tudo quanto é lado, e olha, é terrível, às vezes, é difícil ter que lidar com tanta imperfeição, é difícil ter que lidar com tanta coisa fora do lugar, é difícil ter que lidar com tanta incompetência, com tanta inadequação, com tanta…

Enfim, melhor eu parar por aqui, porque esse texto não está perfeito… Paciência! Se bem que paciência é algo que eu não tenho, e, nossa, o que isso me atrapalha a vida… Pena que paciência não é uma coisa que se consegue no supermercado, né?

Nossa, isso seria perfeito!

iPhone 5 – ou não!

Ok, estamos finalmente perto do anúncio da descoberta do sentido da Vida, o que foi tema de incontáveis posts em blogs, especulações e…

Ah, espera… Foi mal, eu me confundi! Amanhã é o anúncio do iPhone 5 ou 4S, ou sei lá!

Enfim, eu passei os últimos meses acompanhando a boataria sobre o novo iPhone: teve muito “chute”, muita engenharia reversa, muita espionagem em listas de operadoras, muitas declarações contraditórias… Eu chego até a pensar se isso não é tudo de propósito pra ninguém saber REALMENTE o que vai ser anunciado em Cupertino, amanhã!

Mas, numa verdadeira cratera de reportagem, eu consegui apurar os recursos e características que DE FATO veremos no telefone novo da Apple! Vamos ver o que o Sr Jobs, aliás, o Sr Cook… bom, no fundo, no fundo, o Jobs, né? Mas, enfim:

– o aparelho terá a marca da Apple, mas vai ser fabricado na China
– o nome será “iPhone” seguido de um número
– ele vai ter um recurso que permitirá que você fale com outra pessoa, bastando digitar uma sequência de números
– ele vai ter suporte a arquivos MP3
– armazenamento: vai caber mais que um arquivo
– será feito principalmente de plástico, silício e metais
– vai servir para tirar fotos
– vai ter integração com redes sociais

No mais, dá pra afirmar também que:

– o evento de apresentação vai ser nos Estados Unidos
– o twitter vai baleiar
– o Facebook vai ser coberto de comentários
– centenas de blogs vão acompanhar ao vivo
– vai demorar pro iPhone novo sair no Brasil
– vai dar pra comprar desbloqueado ou em planos de operadoras

Bom, é isso: depois de tanta especulação, só aqui você leu as verdadeiras verdades sobre o iPhone 5, num buraco de reportagem! Informei!

Agora, é só passar a noite ansioso pelo anúncio de amanhã!…

Mais coisas que aprendi com meu celular

Pois é, faz um tempo, eu já coloquei aqui algumas coisas que eu tinha aprendido com o meu celular… Mas eu já aprendi mais algumas!

De qualquer forma, o ponto é que, se a gente parar pra pensar, que estranho um aparelho tão pequeno ser tão, digamos, marcante!
Responda rápido: qual você acha que te define mais, o seu desktop, o seu laptop ou o seu celular?
No meu caso, eu já posso dizer que é o celular. É ele quem fica comigo o tempo todo, o dia todo, onde guardo meus contatos, anoto a minha planilha de gastos e até uso para internet, de vez em quando. Ouço música, ouço rádio, tiro fotos…
O meu desktop é mais uma central de organização, mesmo: os arquivos de música, vídeos e fotos – que acabam no celular. Mas o "computadorzão" é mais para trabalho, mesmo, no final. Claro que tem toques pessoais meus: os programas que uso (o que também ocorre no celular), as cores que escolho (idem), como organizo a área de trabalho (nem tão idem), etc.
É, vai ter gente chiando, mas é fato: esses bichinhos já fazem parte de nossas vidas, vieram pra ficar, gostamos deles! Acabam sendo uma peça muito íntima nossa, por nos acompanharem onde vamos, por nos darem praticidade, mobilidade. E é por essas e outras que:

– tem que pensar MUITO antes de comprar um! Especialmente porque não é tão fácil trocar depois!
– ele tem que estar sempre com você, te ajudando! Se atrapalhar, comece a juntar grana pra outro – e arme-se de muita paciência!
– se um botão não responder de pronto, respire fundo e espere um pouco. Tem horas que gente pede mais do aparelho do que ele pode dar.
– se ele não responder na segunda vez, o problema é nele, mesmo! Reinicie o aparelho.
– se nem isso adiantar, volte para o segundo item desta lista!

Só que, aqui, cabe uma ressalva importantíssima. Releiam o que escrevi acima: "tem horas que a gente pede mais do aparelho do que ele pode dar".
O relacionamento com o celular tem dois lados: o aparelho e o usuário! Os dois têm que funcionar em harmonia. Não, não fiquei louco, não: é isso mesmo! E, sabem, eu não troco de celular toda hora, mas aprendi uma coisa, talvez o item principal desta história toda:

– o melhor celular do Mundo não vai fazer de você uma pessoa melhor!

Pois é, lamento profundamente, mas não adianta torrar milhões num aparelho, achando que você vai conseguir ficar melhor do que é por causa dele! Você vai conseguir fazer coisas com mais praticidade e vai fazer mais coisas, mas vai continuar sendo a mesma pessoa! Não ponha suas esperanças num aparelhinho, por melhor que ele seja.
Ok, admito: ainda assim, dá um prazer desgraçado ter um celular de último tipo, tirar do bolso, olhar pra ele e pensar "uau, que puta celular eu tenho!!"! 
Só que chega uma hora que isso acaba, e o que passa a valer é o uso que VOCÊ faz dele!

FUI!

Coisas que aprendi com meu celular

– não adianta procurar um modelo que seja exatamente como você quer: um ou outro recurso vai faltar! Então, procure um modelo que tenha os recursos que você mais quer e tenha consciência que vai ter que se acostumar à falta de uma coisa ou outra
– mas tenha em mente, também, que tem coisas que são indispensáveis: se uma dessas faltar, por melhor que pareça o aparelho, deixe pra lá!
– se você apertar um botão e ele demorar um pouco pra responder, respire fundo; se ele não responder depois da terceira tentativa, reinicie
– a dica acima é especialmente válida para telas de toque: são mais frágeis do que parece! E a função de toque é extremamente importante!
– armazenamento nunca é demais
– comunicação é vital: desde o velho rádio FM até o Wi-Fi; se ele não for bom pra se comunicar, esqueça: pode tirar fotos, tocar música, que não vai servir!
– disponibilidade: essa é mais para as operadoras, mas não adianta o celular ter muitos recursos, se ele não fornece os serviços básicos quando você mais precisa
– vai ter lugares a que você quer ir e em que o celular fica sem sinal; paciência, vá assim mesmo – ou arrange um aparelho que funcione lá!
– no mais, paciência! Muuuuuuuita paciência!…
FUI!

Ironia (ou falta de sintonia)

Oi, gente!

Chegou hoje, às bancas, a Revista da ESPN Brasil. Hoje, também, a Amazon lançou a versão beta do Kindle for PC.

A
ESPN é a melhor emissora esportiva do país, com um corpo de
profissionais de primeiríssimo nível: Paulo Vinícius Coelho, Cledi
Oliveira, Paulo Calçade, Paulo Soares, Antero Greco, e por aí vaí! Eles
já tem dois canais de TV a cabo (estou considerando a ESPN
Internacional), uma rádio (a Eldorado/ESPN, que pode ser ouvida nos 700
kHz do AM), um ótimo site e também um canal no TV Terra.

O
Kindle é um aparelho do tipo conhecido como e-reader: ele serve para se
lerem livros no formato eletrônico (e-books). Até pouco tempo, o
aparelho estava disponível apenas nos Estados Unidos, mas já há uma
versão internacional. Para baixar os livros, basta uma conexão 3G ou
EDGE. O Kindle for PC que eu mencionei acima é um software da Amazon
que permite que os e-books deles sejam lidos em um computador comum
(com Windows; eles dizem que haverá uma versão para Mac, mas nem
mencionam o Linux, infelizmente). Ou seja: mesmo quem não tem o
aparelho Kindle pode ler os livros. Ah, detalhe que é bem importante
para este post: não só livros, mas também revistas e jornais – como o
brasileiro O Globo, que já tem versão para Kindle!

Diante disso tudo, eu me pergunto: por que lançar uma revista impressa?

A
ESPN já tem largas presenças online e offline, como descrevi acima. O
Kindle para PC está aí, gratuito, para ser baixado por qualquer um (com
Windows, ainda…). É um meio muito mais prático de distribuir conteúdo –
e poupar um monte de árvores, no processo!

Sei que estamos no
Brasil e que, mesmo lá fora, o Kindle (e outros e-readers) não são uma
presença tão maciça. Sei que não é todo brasileiro que tem cartão de
crédito e conexão à internet (banda estreita ou larga). Sei que a
revista, assim como o livro, tem o prazer táctil. Sei que periódicos
como o Lance!, totalmente voltado aos esportes (claro que com preferência para o futebol) vendem bem.

Mas
não consigo deixar de pensar nesse lançamento da ESPN como um passo pra
trás! Se eles tivessem feito isso há dois anos, há um ano que fosse,
ainda faria sentido, mas, no momento em que o Kindle começa a ganhar
presença global, em que há outras revistas brasileiras, como a INFO, e
até uma editora anunciando a conversão de seu conteúdo para o formato
eletrônico, o canal esportivo me parece ter dado uma bola fora!

Eu
até imagino que, em breve, teremos a Revista da ESPN Brasil em formato
eletrônico – aliás, tenho certeza disso! Só sei que passei na banca,
hoje, vi a revista lá e segurei minha vontade de comprar (a revista,
não a banca)! Vou guardar meus cobres para estrear o Kindle for PC!

Momento fotolog

Pois é! Neste ano, eu resolvi largar de frescura e não esperar até
dezembro pra começar o consumo desenfreado de chocottones!! E, pra
começar, o original, da Bauducco!! =D

FUI!


Heróis, messias, empresários…

Oi, gente!
Sexta-feira passada, eu comprei um gibi do Homem de Ferro, uma edição especial da Panini, mostrando um novo início pro herói (não, não é a adaptação do filme, mas tem algum material sobre ele). São quatro edições americanas condensadas em uma de 116 páginas, muito legal. Mas o que me chamou a atenção foi o início da história.
Nesse início, vemos um dia em que Tony Stark (o Homem de Ferro, pra quem ainda não sabe) vai dar uma palestra sobre novas tecnologias. Ele vai com uma roupa social, mas algo que descontraída – não se parecendo muito com um executivo. O público? Formado por gente de tudo quanto é idade, mas todos com uma coisa em comum: eles idolatravam Stark! Traziam faixas, cartazes, gritavam… era como se um astro pop estivesse entrando no palco!
Como se fosse alguém que fosse mostrar coisas maravilhosas que tornariam a vida maravilhosa! Especial!
O cara que bolou essa cena foi particularmente feliz! Na hora, eu me lembrei de duas personalidades do mundo real: Bill Gates, da Microsoft, e Steve Jobs, da Apple.
Sim, isso se aplica muito mais ao segundo do que ao primeiro, mas reparem que, cada vez que eles vão entrar no palco, há expectativa! As pessoas (e não só o pessoal de TI) ficam ansiosas, esperando o que eles têm a dizer, o que eles têm a mostrar! Como se fossem alguém que fosse mostrar coisas maravilhosas que tornariam a vida maravilhosa! Especial!
Gates vai se aposentar do comando da Microsoft neste mês – já sentiu que seu tempo passou e é hora de ficar de lado, enquanto a sua firma tenta fazer a transição do off-line para o on-line. Mas, ainda assim, quando ele fala, a gente pára pra escutar! Ei, é o cara que nos deu o Windows – provavelmente, o sistema que você está usando agora (assim como eu!)! Se não fosse o Windows, provavelmente não teríamos nada disso que temos hoje em termos de computação pessoal, internet, etc! Já Steve Jobs…
Pois é! Hoje, nos Estados Unidos, Jobs & Cia deram largada na WWDC 2008, a feira para desenvolvedores da Apple. Além do lançamento do tão aguardado firmware 2.0 para o iPhone, o mundo (sem exagero!) estava aguardando o lançamento do novo iPhone – o 3G! Que veio!
E tudo numa apresentação perfeitamente orquestrada, com Jobs de tênis, jeans e camiseta, sendo aplaudido a cada novo anúncio! Era um pouco menos do que uma comemoração de gol! Aliás, em tempo: da outra vez que ele falou, na MacWorld, em janeiro, ele derrubou o Twitter! Sério! O serviço caiu! Tava tudo mundo querendo transmitir a palestra! Que força que esse cara tem!!
Como se fosse alguém que fosse mostrar coisas maravilhosas que tornariam a vida maravilhosa! Especial!
Fiquei pensando… Sim, eu estava acompanhando tudo! Mesmo no trampo, eu estava com uma aba do navegador aberta no Engadget, na página em que eles iam atualizando as coisas conforme iam acontecendo! Sim, eu também estava ansioso para ver o iPhone 3G! Mesmo que não tenha planos de comprá-lo…

Enfim, eu fiquei pensando em como a gente está jogando a nossa atenção, as nossas energias, nessas novas tecnologias, nesses aparelhos que, sim, melhoram nossas vidas, mas não resolvem nossos problemas pessoais, nossos problemas de relacionamentos…

Mas que eu fiquei morrendo de vontade de um iPhone 3G, ah, se eu fiquei!! Ainda mais que a Claro anunciou que vai trazer o bichinho pro Brasil!! Pena que isso vai ser caro!…

Ah, quer saber? O que eu queria mesmo é que o Jobs anunciasse a iGirlfriend 3G!!! ESSE é o "gadget" pelo qual estou esperando!!
😉

Direto do Departamento de TI!

Dez anos!

Deu no Engadget (e na PC Magazine deste mês, também): o MPMan F10, primeiro aparelho de MP3, foi lançado em março de 1998, na Cebit!

Os arquivos, aliás, o padrão MP3 é mais velho: foi criado em 1992 (sim, isso mesmo!), mas demorou seis anos pra surgir o primeiro player portátil – e mais algum tempo para esse tipo de aparelho se popularizar!

Pra você fazer idéia, eram apenas 32 MB de memória (também havia a opção de 64 MB), e a conexão era por porta serial…

Átomo?

A Intel lançou uma nova família de processadores conhecida como Atom. Cabem na ponta de um dedo! E, se cabem na ponta de um dedo, cabem num celular que vai caber no seu bolso!

Ou seja, prepare-se: em breve, celulares com clock de 1,83 GHz e, sei lá, 1 GB de memória!

(Haja bateria para tudo isso…)

Mais estranho que o ar

Continuo achando o MacBook Air um péssimo negócio! Poucas portas e nenhum drive ótico! Tem aquela coisa de poder usar um drive de um outro computador, mas, francamente, eu prefiro um EEE da Asus – mas com Windows!

Por falar nisso,…

Mês que vem, deve sair um novo Ubuntu, o 8.04! Não ando com muita paciência para Linux, mas vou ser se experimento!

O Supra-sumo da contradição

A Sony lançou uma VITROLA com conexão USB!! É isso mesmo que vocês leram!! Um toca-discos que dá pra ligar direto no computador!! EU VOU QUERER UM!!!

FUI!