A semana em revista

Bom, foi o melhor título em que eu consegui pensar…

Até porque teve muuuuuuita coisa em que pensar, nesta semana!

Primeiro e mais importante: o Michael Jackson morreu! Foi, assim, um susto MUITO grande! Eu estava acompanhando, durante o dia, o caso da Farrah Fawcett, que morreu no mesmo dia, mas eu já sabia que ela estava mal fazia um tempo – e, cá entre nós, a única participação dela na minha vida foi no seriado As Panteras, há muuuuito tempo!… Mas, sim, eu fiquei triste por ela, também.

Agora, o Michael Jackson foi uma coisa muito repentina! E, poxa… Como dizer o que ele significava? Tudo bem que, dos anos 90 em diante, ele não fez muito o que prestasse, mas, caramba, vamos nos lembrar de Thriller, Bad (sim, foi um bom disco, embora a idéia do MJ bancando o bad boy fosse realmente digna de risos), o filme/videoclipe de longa metragem Moonwalker

O Michael Jackson era o cara que a gente queria imitar – quem nunca tentou dançar como ele? – , era o cara que a gente acompanhava, era o cara das músicas que varreram o mundo, era o cara do disco mais vendido de todos os tempos! E, infelizmente, foi a figura que vimos sucumbir à fama, à bajulação, aos problemas familiares e virar… puxa, o que que ele virou, mesmo?

Sei lá! Só sei que, pra mim, fica a imagem daquele Michael Jackson dançando Billie Jean, com a calçada se acendendo conforme ele pisava…

Outra coisa que me incomodou foi a confusão entre a FIA e a FOTA, pelo controle da Fórmula-1! Na quarta, parecia que a FOTA havia vencido, com a FIA cedendo às exigências das equipes da categoria, incluindo a futura renúncia do ditadorzinho de meia-tigela max mosley, mas depois, o jogo virou – o tal mosley já disse que pode permancer, sim, no comando da FIA! Todo mundo comemorando, finalmente, a derrocada dele, dizendo que ele tinha sido finalmente derrotado, e eis que, com a permanência das outras equipes garantida, ele resolve mudar o jogo! Pois é, o pai do cara era de extrema direita, ele também é (lembram do que ele fez, no ano passado?), e não se pode esperar nada de pessoas com essa orientação!

Aliás, a FIA tem um certo histórico de direita, não? Lembram que o Senna quase teve que sair da F1 por causa de um senhor que também era direitista?

Mas, enfim, de qualquer forma, eu vou começar a me dedicar mais à Fórmula Indy, Fórmula Truck, Stock Car, Fórmula 3, que eu ganho mais! Quando o pessoal da F1 resolver direcionar novamente suas energias para o que acontece dentro da pista, me avisem, por favor!

Foi uma semana também muito cansativa porque eu trabalhei em casa, após o expediente, todos os dias! Aliás, tenho trazido muito trabalho pra casa, ultimamente. Cansa bastante, mas, ei, é escolha minha – faz parte do projeto do apartamento!

Por falar nisso, foi outra coisa que não andou, nesta semana, essa história do apê! Eu cheguei a entrar em contato com corretores, mas nada de bom – nada que eu pudesse pagar, digo! Isso vai me dar mais dor de cabeça do que eu esperava…

Sinceramente, eu não sei como é que o pessoal acha tão gostoso procurar apartamento! É UM SACO!! É só preocupação, só revés, só decepção! Tudo bem, talvez tudo isso venha a valer a pena, mas, por ora, não é isso que se desenha! Sem falar que, trampando em casa, me sobra menos tempo para procurar! Aliás, por falar em tempo, o prazo que eu tinha me colocado para conseguir o apê expira na terça! Ou seja, mais um fracasso pra lista!…

No mais, junho já está acabando, e nem São João, nem Santo Antônio e nem Vênus atenderam às minhas preces…

Na parte das coisas boas, teve uma: o Brasil conquistou a Copa das Confederações! Na boa, eu achei que o Brasil ia passar o supremo vexame de perder pros Estados Unidos! Mas, felizmente, a Seleção conseguiu virar! Yes, we can! 😉

FUI!

Saldo do feriadão

– quatro dias são pouco para se realmente descansar

– 1 Terabyte

– 64 bits

– uma dúvida

– uma certeza

– mais uma dúvida

– outra dúvida

– uma lição aprendida da pior maneira

– as respostas estão dentro de nós, mas há mais de uma resposta para cada pergunta (dica: a melhor é a que segue pelo caminho do equilíbrio)

– mais outra dúvida

– sempre tenha um teclado velhinho com conexão PS/2 de reserva

– um mouse PS/2 talvez seja interessante, também

– um celular quebrado

– um edredom novo

– chocolate da Cacau Show

– um ataque de fúria

– solidão

– uma sessão de cinema em casa

– o Humberto Gessinger está de banda nova!! Pois é!

E amanhã já é segunda…

FUI!

Escolhas

Hoje, no dia em que peguei meu blusão mais grosso, a temperatura foi de 7 para 21 graus. Detalhe: eu cheguei a considerar um blusão menos quente. Cheguei a colocá-lo.

Tem horas que parece que eu só tomo a decisão errada. Tem horas que eu penso que a Vida se adapta às decisões que eu tomo, de forma a elas se tornarem erradas, de um jeito ou de outro.

Isso vai desde blusões a coisas que realmente podem alterar a minha vida, como namoradas, despesas, etc.

Dizem que eu tenho que confiar em mim, mas tudo o que eu sinto é que causo uma catástrofe a cada passo que dou.

Como é que vou confiar em mim, se tenho a sensação de que qualquer decisão que eu tomar será a errada, de um jeito ou de outro?

 

A decisão do momento é dar um tempo na busca por uma namorada e me concentrar no apartamento. Será que é a melhor coisa?

Será que não será mais difícil achar um amor verdadeiro, depois? Afinal, eu tendo um apartamento, vai ser mais fácil aparecer uma interesseira!

E se eu demorar pra conseguir o apê, será que aguento viver sem ninguém?

De fato, duro, mesmo, é essa sensação de que qualquer decisão que eu tomar será a errada!

 

No mais, o Max Mosley merecia um chute nos fundilhos! E, se a Ferrari deixar o campeonato, eu não assisto mais à F-1! Aliás, nem vou mais chamar por esse nome!

 

A quem estou tentando enganar? No fundo, eu quero e preciso de alguém.

 

FUI!